Arquivo Literatura brasileira

Xico Sá

Leia Mais…

Rubem Fonseca – A Grande Arte

 

Leia Mais…

Rubem Fonseca – Pequenas Criaturas

Leia Mais…

Rubem Fonseca – Ela e outras Mulheres

Leia Mais…

Paulo Roberto Pires

 

Leia Mais…

Bráulio Mantovani

Leia Mais…

Ana Paula Maia

   

Leia Mais…

Reinaldo Moraes

Leia Mais…

Rubens Figueiredo

 

Leia Mais…

Marçal Aquino

Leia Mais…

Chico Mattoso

 

Leia Mais…

Sérgio Sant’Anna

O LIVRO DE PRAGA − Narrativas de amor e arte − “Ela se levantou e, frente a frente comigo, voltou ao francês e a uma feminilidade gentil. − Não, literalmente não sou puta, pois a mercadoria que ofereço em meu corpo é um texto tatuado de Kafka. − Kafka? Como saber? Kafka jamais desceu ao […]

Leia Mais…

Tony Bellotto

NO BURACO – “Parem as máquinas! Chega de literatura, cansei! O muxoxo e o cutucão me despertam de meu exílio literário. Cogito finalmente tirar a cara do buraco e abrir os olhos. Encarar a praia de Ipanema e o oceano Atlântico de frente. É tempo de mudança, hora de dar uma virada e sacudir a […]

Leia Mais…

Rubem Fonseca

SECREÇÕES, EXCREÇÕES E DESATINOS - “Godofredo leu isso num livro. Inspirado em Leeuwenhoeck, comprou um microscópio para examinar o seu esperma. Mas enquanto o holandês examinou outras secreções e excreções do seu próprio corpo – fezes, urina, saliva – Godofredo se interessou apenas pelo sémen. Até então, tudo o que ele conhecia sobre esse fluido era […]

Leia Mais…

Rubem Fonseca

O CASO MOREL - “Com o pé não se brinca. Pé é coisa séria, a parte mais ambígua do corpo, pode estimular o Chamei Joana de todos os nomes sujos, bati com força no seu rosto. Nossos corpos cobertos de suor. Lambi o rosto de Joana, em fogo das pancadas recebidas. Nossas bocas sorviam o suor […]

Leia Mais…

Rubem Fonseca

FELIZ ANO NOVO - “Os homens não tão brincando, viu o que fizeram com o Bom Crioulo? Dezesseis tiros no quengo. Pegaram o Vevé e estrangularam. O Minhoca, porra! O Minhoca! crescemos juntos em Caxias, o cara era tão míope que não enxergava daqui até ali, e também era meio gago – pegaram ele e jogaram dentro […]

Leia Mais…